Sinais de Diagnóstico TEA

03/08/2017

O TEA – Transtorno do Espectro Autista – é um transtorno do neurodesenvolvimento. Entre suas características, estão retrições para interações sociais e comunicação, bem como alguns comportamentos repetitivos e, por vezes, sensibilidades sensoriais. Basicamente, a criança com TEA apresenta dificuldades para se relacionar com o ambiente que a cerca.
 
O TEA não tem uma “receita” específica. Cada pessoa o desenvolve de uma forma diferente, de forma que muitas vezes seu diagnóstico pode ser tardio. Quanto antes o tratamento se iniciar, melhor a qualidade de vida destas crianças e adultos.
 
Alguns sinais de alerta que podem significar TEA são:
 
ATÉ OS 06 MESES DE IDADE
- Não faz contato com os olhos;
- Não ri e nem sorri.
 
POR VOLTA DOS 09 MESES DE IDADE
- Não acompanha pessoas com o olhar quando se afastam;
- Não balbuciam palavras;
- Não estende os braços quando a mãe o pega no colo;
 
POR VOLTA DE 01 ANO DE IDADE
- Não responde quando é chamado pelo nome;
- Não “dá tchauzinho”
 
POR VOLTA DE 1 ANO E MEIO DE IDADE

- Nunca pronunciou alguma palavra inteligível.

 

 POR VOLTA DE 2 ANOS DE IDADE
- Nunca formulou frases que possuam começo, meio e fim.
 
ACIMA DE DOIS ANOS
- Interesse “focalizado” e intenso em assuntos específicos;
- Maior sensibilidade a sons e texturas;
- Necessidade de manter uma rotina.
 
Lembrando que estas características são comuns em pessoas com TEA, mas o diagnóstico correto deve ser realizado por um profissional especializado. É ele que, baseado na observação e em relatos dos pais e de outras pessoas que convivem com a criança, poderá ‘bater o martelo’ nesta análise clínica.
 
Possui alguma dúvida? Encaminhe para comunicação@grupoabacadabra.com.br e teremos o maior prazer em te ajudar.
 
Até a próxima!

 

 

 

 

Please reload

Abacadabra - Serviços de Psicologia Ltda - ME
CRP 5623/J